SHOW FACE A FACE (1977)

  Apresentação | Roteiro | MúsicosFicha Técnica | Simone falaLugares | Imprensa | Disco | Fotos | Áudios   


show FACE A FACE

Estréia: 27 de julho de 1977
Local: Sala Corpo e Som do MAM, Rio de Janeiro RJ

[Primeiro show individual de Simone]

 

APRESENTAÇÃO | Com 4 anos de carreira e 27 de idade, Simone já fez sucesso na Europa, EUA, nas últimas apresentações de Milton Nascimento e em disco (‘Gota d’água’, ‘Matriz e Filial’ e ‘O que será’ – as músicas mais vendidas), mas ainda não havia apresentado um espetáculo individual pra valer. Para quem está praticamente estreando no palco, o resultado é surpreendente e indica um grande potencial artístico.
[Jary Cardoso, Folha de S. Paulo, 13.08.1977]


IMPRENSA

icon-imprensa-1977faceaface(…) Um quinteto, ainda em formação, composto por teclados, baixo, bateria, guitarra e sopro-flauta e sax- acompanhará Simone, “Eu preciso de uma base muito forte para me acompanhar e quero no show o mesmo som do disco”. No repertório, estarão as canções de ‘Face a Face’, o novo disco, algumas músicas dos elepês anteriores e composições de Belchior, Fagner, Ednardo e, com as devidas explicações, “muita gente vai cair da cadeira mas eu gosto muito dele”, Roberto Carlos.

E mais: a orientação de Antonio Bivar (…). Na realidade, essa é a primeira apresentação individual de Simone e a escolha de um diretor torna-se facilmente explicável, “ele vai me levar para o palco. Vai trabalhar para que eu consiga me soltar”. O trabalho ainda está em fase de elaboração. Não se sabe exatamente como vai ser. Mas duas coisas estão certas: a procura de um cenário simples e de fácil montagem e a data de estréia, dia 27 de julho, no MAM (Museu de Arte Moderna, no Rio).
[Maria Cecília, MÚSICA, julho 1977]

 
(…) ‘Face a face’ é a primeira oportunidade de se assistir a Simone cantando sozinha. Seus shows até agora eram divididos com outros artistas, o que não lhe dava vez de se mostrar mais profissionalmente.
Simone é uma intérprete cuidadosa na escolha do repertório, de timbre forte e muito marcado e que, sem virtuosismos vocais, impõe-se por sua voz de tom quase dramático e sua bonita postura física. Uma cantora para ouvir, e ver.
[O Estado de S. Paulo, 12. 08.1977]
 
Esgotados desde ontem os ingressos para o FACE A FACE de hoje com Simone, na FGV (São Paulo) (…) 
Universitários em sua grande maioria, essa gente toda vem aplaudindo a beleza de Simone: a voz grave, forte, afinadíssima, e cheia de calor, corpo lindo e exótico, o repertório de primeira qualidade e a sensualidade das interpretações.
Para quem está estreando no palco (primeiro espetáculo individual de Simone), o resultado é surpreendente e indica um grande potencial artístico. (…) 
Simone é tímida, mas está sendo estimulada por Antônio Bivar, o diretor de “Face a Face”, a se soltar e assumir o próprio corpo. Bivar, o poeta e dramaturgo, disse brincando para ela: “A Fafá de Belém não é aquela figura, uma vaca maravilhosa? Você é um cavalo e é também maravilhosa!”.

“Eu sei o valor que tenho como cantora. Não adianta quererem me comprar. Só canto o que eu gosto. Até hoje só fiz o que quis e não é agora que vou mudar”.

Apesar do carinho e dos aplausos que recebe de se público, Simone está insatisfeita com o show. Ela queria que estivesse mais “afinado” e melhor preparado, mas precisava promover logo seu novo disco.”Preciso vender meu peixe ou ninguém vai faze-lo por mim”. O resultado é belo, mas poderia ser muito melhor se houvesse maior apoio empresarial a espetáculos como esse.
[Jary Cardoso, Folha de S. Paulo, 13.08.1977]
 
Mais imprensa ‘Face a Face’


 
SIMONE FALA SOBRE O SHOW

Encontro casual entre Simone e o diretor do show ‘Face a Face’, Antônio Bivar, no ‘Programa do Jô’ (em 2013)
 

[Programa do Jô, Rede Globo, 15.11.2013]
 

 

 
 ROTEIRO 
[Baseado em áudio do show]
OUÇA NO YOUTUBE

O áudio do show FACE A FACE, estréia de Simone em um espetáculo individual (1977), nos foi gentilmente cedido (em 2011) pelo Duda Neves – baterista no referido show. Uma cópia do mesmo também foi por nós enviada a Simone. Obrigado, DUDA NEVES!


1. O Que Será (à flor da terra)
(Chico Buarque)
 
2. Começaria Tudo Outra Vez
(Gonzaguinha)
 
3. Canoa, Canoa
(Nelson Ângelo/ Fernando Brant)
 
4. Matriz Ou Filial
(Lúcio Cardim)
 
5. Céu de Brasília
(Toninho Horta/ Fernando Brant)
 
6. Viola Violar
(Milton Nascimento/ Márcio Borges)
 
7. Jura Secreta
(Sueli Costa/Abel Silva)
 
8. Gota D’Água
(Chico Buarque)
 
9. Primeiro de Maio
(Milton Nascimento/Chico Buarque)
 
10. Reis e Rainhas do Maracutu
(M.Nascimento/ Novelli/ N.Ângelo/ Fran)
 
11. As Curvas da Estrada de Santos
(Roberto Carlos/Erasmo Carlos)
 
12. Face a Face
(Sueli Costa/ Cacaso)
 
13. Flor da Idade
(Chico Buarque)
 
14. O que será (à flor da pele/ abertura)
(Chico Buarque)
 
15. Eu nem ligo
(Gonzaguinha)


MÚSICOS

Teclado: Paulo Esteves
Baixo: Pigmeu
Guitarra: Datcha Tenucci
Sax: Otavio Bangla
Bateria: Duda Neves

 
FICHA TÉCNICA

Direção: Antônio Bivar
Produção: Mônica Lisboa
Cenografia: Cláudio Moszka
Iluminação: Judy Spencer
Figurinos: Bárbara Hulanicki


DISCO 

 
FOTOS 
1977-ICON-faceaface
 
LUGARES
A estréia de Simone em um show individual, ‘Face a Face’, aconteceu na Sala Corpo e Som do MAM, Rio de janeiro (RJ).