SHOW FESTA BRAZIL (1974)

  Apresentação | Roteiro | MúsicosFicha Técnica | Simone falaLugares | Agenda | CuriosidadeDisco | FotosImprensa | Programa   


SHOW FESTA BRAZIL

Com Simone, João de Aquino e Grupo Folclórico Viva Bahia
Data de estréia: 26 março de 1974
Local: Whitewater, Wisconsin, Estados Unidos 1

 

APRESENTAÇÃO | (…) Em meio aos preparativos para sua viagem à América do Norte, Hermínio (Bello de Carvalho) resolveu cuidar de sua música e poesia (…) A noite de lançamento de ‘Sei lá’ e ‘Amor Arma Branca’ aconteceu em 21 de março de 1974, no ateliê do pintor Augusto Rodrigues, no Largo do Boticário, no Rio. O evento também marcou a despedida de Hermínio, que dentro de dois dias viajaria para cumprir seus compromissos com a Mel Howard Productions nos Estados Unidos e Canadá (…)
O espetáculo Festa Brasil, que Hermínio Bello de Carvalho levou à América do Norte, tinha estrutura semelhante àquele na feira Brasil Export, mas com mudanças no elenco, que agora contava com a cantora Simone, o violonista João de Aquino e o o grupo folclórico Viva Bahia, conjunto fundado pela professora Emília Biancardi. (…)
Além da parte musical, o espetáculo alinhavava uma série de danças dramáticas e manifestações religiosas, como maculelê, candomblé, capoeira, dança de caboclos de roda do Recôncavo Baiano (…)

Simone e Hermínio Bello de Carvalho em frente ao Madison Square Garden, New York, EUA. Abril de 1974, durante a temporada do show FESTA BRASIL. Foto: Acervo Hermínio Bello de Carvalho
Simone e Hermínio Bello de Carvalho em frente ao Madison Square Garden, New York, EUA, abril de 1974, durante a temporada do show FESTA BRASIL.
Foto: Acervo Hermínio Bello de Carvalho

A turnê de Festa Brasil durou dois meses e meio (do final de março ao início de junho de 1974), passando por mais de vinte cidades dos Estados Unidos e Canadá, num total de sessenta apresentações e 200 mil espectadores. Boa parte da temporada se deu no (Felt Forum) Madison Square Garden2, em Nova York, onde o show foi visto por cerca de 50 mil pessoas ao longo de duas semanas, encerrando o Festival Internacional de Entretenimento.

“O Festa Brasil manteve sua própria categoria. A apresentação parece, aliás, o espelho da idéia de que o Brasil é a terra dos contrastes”, apontou a crítica Anna Kisselgoff, no jornal The New York Times.
O que mais chamou a atenção da imprensa e do público estrangeiros foram justamente a mestiçagem e a diversidade artística brasileira expostas no palco. Ao mesmo tempo em que os jornalistas elogiavam o virtuosismo do violão de João de Aquino ou sugeriam que o piano de Tenório Jr. teria futuro no jazz norte-americano moderno, impressionavam-se com os números folclóricos. Foi, aliás, o “exotismo” do grupo Viva Bahia o item mais utilizado pela Mel Howard Productions, que empresariou o espetáculo, na promoção do Festa Brasil (…)
[Excerto do livro ‘ Timoneiro – Perfil Biográfico de Hermínio Bello de Carvalho‘, Alexandre Pavan, 2006]

Simone no Teatro Music Hall, National Arts Centre, Ottawa, Canadá. Abril de 1974. Show FESTA BRASIL. Foto: Acervo Hermínio Bello de Carvalho
Simone no Teatro Music Hall, National Arts Centre, Ottawa, Canadá, abril de 1974.
Foto: Acervo Hermínio Bello de Carvalho

 
SIMONE FALA SOBRE O SHOW
 
“Tudo acontecia tão de repente – lembra Simone – cheguei a ficar um pouco assustada. Afinal, criei coragem e fui. Três meses, entre os EUA e o Canadá, costa-a-costa, com o show Festa Brasil. Eu, João de Aquino, o grupo Viva Bahia e vários músicos brasileiros, todos dirigidos pelo Hermínio. Uma das cenas mais inesquecíveis foi ver o Madison Square Garden1 (NY) lotado durante vários dias, aplaudindo a gente de pé.
Esse show também virou disco, mas, como o anterior, não foi lançado no Brasil, saindo apenas nos EUA e no Canadá.”

[Folha de S. Paulo, 10.12.1975]
 


LUGARES  (alguns)

 
AGENDA 1974 
Show ‘Festa Brazil’ | Simone, João de Aquino e Grupo Folclórico Viva Bahia
 
Estados Unidos
23 de março – Embarque para os Estados Unidos
26 de março – Whitewater, Wisconsin
27 de março – Plateville, Wisconsin
28 de março – Lawrence, Kansas
29 de março – Iowa City, Iowa
30 de março – Kennedy Center Os Perfoming Arts, Washington D.C
31 de março – Brooklin Academy Of Music, Nova York
 
Canadá
1, 2 e 3 de abril – ‘Place des Arts’, Montreal
4 de abril – ‘International Arts Center’, Ottawa *
 
Estados Unidos
5 de abril – Brooklin Academy Of Music, Nova York
9 a 21 de abril – Felt Forum do Madison Square Garden, Nova York
22 a 28 de abril – Detroit, Michigan *
29 de abril a 3 de maio – Davis, California
4 de maio – Flint, California
5 de maio – Sacramento, California
6 e 7 de maio – Berkeley, California
8 de maio – San Diego, California
9 e 10 de maio – Los Angeles, California
11 de maio – San Francisco, California
12 de maio – Fresno, California
 
Canadá
13 e 14 de maio – ‘Vancouver Opera House’, Vancouver
 
Estados Unidos
16 e 17 de maio – Opera House, Oregon
18 de maio – Sockane, Washington
19 de maio – Walla Walla, Washington
20 de maio – Pullman, Washington
21 e 22 de maio – New Opera House, Washington
23, 24 e 25 de maio – Illinois, Chicago
28 e 29 de maio – Landover, Maryland
31 de maio e 1 de junho – Hamilton, Ontario *(devido ao mau tempo, estes 2 últimos shows foram cancelados)
 
Total de 58 apresentações em 52 dias
 



CURIOSIDADE
 
Poema de Hermínio Bello de Carvalho musicado por Simone
Em 1974, Detroit, EUA, Hermínio Bello de Carvalho escreveu para Simone um poema (manuscrito abaixo) que ela musicaria posteriormente. A canção inédita, nunca gravada, foi informalmente apresentada por Simone durante uma entrevista a Aramis Millarch, em 1976.
 
 
1974-PoemaHBCmusicadoporSimone1
“Se não valeu a pena
o que se amou
se não basta ao coração
o preço que ele pagou?
ou não foi suficiente
crucificar todo o corpo
e maldizer-se das portas
que, uma a uma, trancou?
Coração, coração
que julgamento perdeste
por que tal condenação?
se nada valeu a pena
o que valeu a pena, então?”

(Simone e Hermínio Bello de Carvalho)
 

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

 
 
Simone em frente ao Madison Square Garden, New York, EUA. Abril de 1974, durante a temporada do show FESTA BRASIL. Foto: Site Oficial Simone
Simone em frente ao Madison Square Garden, New York, EUA. Abril de 1974, durante a temporada do show FESTA BRASIL.
Foto: Site Oficial Simone

ROTEIRO 3

Primeira Parte

01. Cantos
Viva Bahia
02. Oração a Mãe Menininha
(Dorival Caymmi)
Simone, Músicos e Marias de Salvador
03. Coiote
(João de Aquino)
João de Aquino e Músicos
04. Capoeira
Viva Bahia com “seu” Negão no Berimbau
05. Tamoinda-Re – Instrumental
(Tenório Jr.)
Quarteto de Músicos
06. Lamentos – Instrumental
(Pixinguinha)
Quarteto de Músicos (duas guitarras, cavaquinho e tambores)
07. Lamentos
(Pixinguinha/ Vinícius de Moraes)
Simone e Músicos
08. Flor de Laranjeira
Oi Ignácio
Cada Macaco no seu Galho
Se essa muié fosse minha
Camarão me Chama
(Folclore adaptado por Hermínio Bello de Carvalho)
09. Qui nem Jiló
(Luiz Gonzaga)
10. Cantos de Maculelê
(Folclore resgatado por Emília Biancardi Ferreira)
11. Maculelê
(Folclore resgatado por Emília Biancardi Ferreira)
Viva Bahia e na Percussão “seu” Negão
 
Segunda Parte
 
01. Caboclos
Viva Bahia e na Percussão “seu” Negão
02. Cactus – Instrumental
(João de Aquino)
João de Aquino
03. Viagem
(João de Aquino/Paulo César Pinheiro)
João de Aquino
04. Tributo a Turibio Santos
(João de Aquino)
João de Aquino e Percussão
05. Candomblé
(Folclore)
Viva Bahia
06. Ogun-delê
(Chiquito)
Quinteto de Músicos
07. Me deixa em paz e Madalena
(Ivan Lins/Ronaldo Monteiro de Souza)
Quinteto de Músicos e Marias de Salvador
08. Samba de Roda
(Folclore)
Viva Bahia

 
MÚSICOS
Tenório Jr : Piano
Chiquito: Violão e Viola
Pascoal Meirelles: Bateria
Fernando Leporace: Baixo
Edinho de Gantois: Percussão
 
Grupo VIVA BAHIA:
Aildes Batista (Gorda Carioca)
Cristina Maria Ferreira (Deuá)
Gicelia Costa (Gicelia)
Jaciara de Paula (Coca Cola)
Luiza Maria Sampaio (Luiza)
Maria Cristina Ferreira (Nagô)
Maria Helena Ferreira (Torresmo)
Maria Raimunda Botelho (Gorda)
Maria Stella Santos (Core)
Neusa Maria Saad (Bebê)
Alberto Jorge de Faria (Amendoim)
Antonio Carlos Calmon (Comprido)
Elisael Gomes (Plataforma)
Gilberto Sacramento (“seu” Negão)
José Carlos de Andrade (Apolo)
José Roberto Ferreira (Grande)
José Roberto Lorenzo (Zé Roberto)
Lucídio da Silva (Lucídio)
Marco Aurélio Fernands (Sputnick)
Raimundo Boa Morte (Boa Morte)
Valter Oliveira (Valter)
Vaurenilton Silva (Nilton)
Walmir Santos (Tempo)

FICHA TÉCNICA
Direção: Hermínio Bello de Carvalho
Figurinos, Iluminação e Decoração de cena: Marcos Flaksman
Diretora e Pesquisadora de Folclore para o Grupo Viva Bahia: Emilia Biancardi Ferreira
Produção – AULUS Agenciamento de Concertos, Rio de Janeiro (Walter Santos) e Mel Howard´s Productions Inc., New York, USA

 
DISCO
Álbum gravado especialmente para o mercado internacional, apresentado durante a temporada do show ‘Festa Brasil’ nos Estados Unidos e Canadá, lançado no Brasil somente em 2009 na caixa ‘O canto da Cigarra nos anos 70’, EMI (em CD).
 

 
FOTOS 

 
IMPRENSA 
Quinze dias depois, o mesmo Walter Santos telefonou de novo – um empresário americano assistira ao show de Bruxelas e queria levá-lo aos Estados Unidos e Canadá. A viagem duraria três meses. O cachê? Ótimo – 7.000 dólares (…) Enfim, em Toronto, o empresário reuniu a equipe para informar que não valia a pena deslocar-se para uma remota localidade do Canadá – e assim o número de apresentações caiu de 68 para 67 (sic)*.
[Geraldo Mayrink, Veja, 04.10.1978]

 

 

PROGRAMA DO SHOW 
SHOW FESTA BRAZIL
Apresentado em Ottawa, Canadá, dia 4 de abril de 1974
[Acervo ‘Sonho&Realidade’] 


 
NOTAS
 
1. Temporada:
O espetáculo percorreu mais de 20 cidades nos Estados Unidos e Canadá, em 58 apresentações, sendo a mais longa temporada no Felt Fórum do Madison Square Garden, New York, EUA.
 

2. Felt Forum do Madison Square Garden:
Segundo declarações de Simone em entrevistas e em nota publicada na agenda cultural do jornal New York Times, os shows da temporada Festa Brasil aconteceram no Felt Forum, que faz parte do complexo Madison Square Garden.
O Felt Forum foi inaugurado em 1968 e por lá já se apresentaram artistas como Gun’s Roses, Proecol Harum, Lou Reed, America, Santana, Deep Purple, Joan Baez – que se apresentou no local na mesma época da temporada ‘Festa Brasil’ – e onde outros gravaram discos ao vivo, pelas excepcionais qualidades acústicas do local, tais como The Doors, Genesis, The Birds, Grateful Dead, Van Morrison. Posteriormente comprado pela Paramount Films, que o transformou no Paramount Theater, em 1989 e, desde 2007, é o WaMu Theater, todo reformado, e pertence a empresa JP Morgan Chase & Co.

 

3. Roteiro:
Baseado no programa oficial do show realizado no National Arts Centre, Ottawa, Canadá.
Acervo Sonho e Realidade.