SHOW PANORAMA BRASILEIRO (1973)

  Apresentação | Roteiro | Ficha Técnica | Simone falaLugares | AgendaDisco | FotosImprensa  


show PANORAMA BRASILEIRO

Com Simone, Tamba Trio, Roberto Ribeiro,
Grupo Folclórico Odoiá e João de Aquino

Data de estréia: 29 de outubro de 1973
Local: Olympia, Paris, França

 

APRESENTAÇÃO | (…) no segundo semestre de 1973, Hermínio Bello de Carvalho foi convidado para comandar os espetáculos da “Brasil Export 73”, uma megafeira organizada em Bruxelas, na Bélgica, com o intuito de promover os produtos brasileiros de exportação no mercado europeu.

Montado nos 100 mil metros quadrados do Palais du Centenaire de Bruxelas, o evento envolvia um investimento de 5 milhões de dólares e contava com quatrocentas empresas expondo os mais variados produtos (…) Era alardeado pelo Ministério da Indústria e Comércio com uma “demonstração da capacidade industrial e de exportação do país, além de, paralelamente, oferecer um panorama do nosso potencial turístico e de nossa cultura através de filmes, publicações, exposições, concertos e espetáculos de música”.

“Brasil Export 73” refletia a expansão pela qual o país vinha passando, sob a presidência do general Emílio Garrastazu Médici. Com o Produto Interno Bruto crescendo cerca de 12% ao ano e milhões de empregos sendo criados, o período acabou conhecido como Milagre Econômico. O principal objetivo da feira na Bélgica era mostrar isso ao resto do mundo.

Simone, grupo Odoiá e Roberto Ribeiro no show PANORAMA BRASILEIRO (1973)
Foto: Site Oficial Simone

Ao mesmo tempo, o país que apresentava aqueles índices vivia sob uma ditadura que censurava, prendia e torturava. Integrar um evento promovido por esse governo podia, de certa forma, sugerir um endosso a tudo o que estava acontecendo por aqui. Hermínio não se preocupou com esse tipo de análise. Ele encarou o convite como um outro qualquer. Queria apenas liberdade para montar o espetáculo da maneira que achasse melhor, sem interferências – e isso ele teve.

Inicialmente, o elenco seria encabeçado por Elza Soares e Roberto Ribeiro – artistas que Hermínio produzira em disco, no ano anterior – com o acompanhamento do Quinteto Violado. A cantora e o grupo não puderam ir, porque estavam com compromissos agendados para o mesmo período. No lugar de Elza, entrou uma cantora novata chamada Simone. Nascida em Salvador, ex-jogadora da seleção brasileira de basquete e ex-professora de educação física em Santos (SP), Simone contava 23 anos e, após ser aprovada em um teste na gravadora Odeon, acabava de estrear em disco, com um LP que levava seu nome no título.

Além de Simone e Roberto Ribeiro, faziam parte do elenco do show “Panorama Brasileiro” o violonista João de Aquino, o Tamba Trio e um conjunto folclórico baiano de música e dança chamado Odoiá. Antes de estrear na “Brasil Export 73”, o espetáculo fez uma pequena turnê pela França e Alemanha , com sucesso de crítica e público em todas as cidades por que passou. Quem não gostou muito foi um cônsul brasileiro – do qual Hermínio não se recorda o nome – que avaliou como inoportuno o sotaque demasiado africano do grupo Odoiá, cuja encenação fazia referência ao candomblé. Aquilo, segundo o cônsul, maculava a imagem do Brasil no exterior.

Acontece que, para alguns europeus, a imagem do país já não era das melhores – e por outro motivo. Durante a feira em Bruxelas, grupos belgas de esquerda infernizaram a vida dos organizadores do evento, promovendo diversas manifestações contra a ditadura brasileira. Sobrou até para os artistas, que tiveram de interromper uma das sessões do espetáculo e sair correndo do teatro por causa de uma suspeita de bomba no local, que depois não se confirmou.
Depois de dois meses (outubro e novembro) na Europa, Hermínio voltou ao Brasil com a sensação de missão cumprida. Ao menos do ponto de vista musical, a feira parecia ter realizado seu papel de chamar a atenção de estrangeiros para o Brasil. O diretor mal teve tempo de desarrumar as malas. Logo em seguida, foi contratado pela empresa Mel Howard Productions para levar o espetáculo em turnê pelos Estados Unidos e Canadá, nos primeiros meses de 1974.

[Excerto do livro ‘Timoneiro – Perfil Biográfico de Hermínio Bello de Carvalho’, Alexandre Pavan, 2006]
 


Simone em Paris durante a temporada do show PANORAMA BRASILEIRO, 1973
Foto: Site Oficial Simone

 
SIMONE FALA SOBRE O SHOW 
“E lá fui eu. Primeiro para Paris. Lembro que tinha um casaco que a minha mãe fez pra mim, de tricô, e o apelido do casaco era ‘boa morte’. Porque ele não esquentava! (risos) E era um frio, mas um frio! Nos hospedamos num hotelzinho e na manhã seguinte acordamos com uma mulher batendo na porta, falando uma língua que não entendia, apesar de achar linda. O hotel tinha uma porta giratória e estava um dia lindo. Quando eu saí e senti o que era o frio, não entendi aquilo! E aí, até a gente ir para Itália, que demorou um tempo, quando pude finalmente comprar outro casaco, eu senti muito frio.
 
Olhe como comecei: no Olympia, acompanhada por Tamba Trio, formado por Luiz Eça, Bebeto e Hélcio , mais o Roberto (Ribeiro), o João de Aquino e um grupo folclórico da Bahia (Odoiá). Esse grupo dançava e às vezes a gente cantava junto. lembro que o show começava com a música ‘De uma noite de festa’, que eu cantava com o Roberto.”

[Trechos extraídos da caixa ‘O Canto da Cigarra nos Anos 1970’ – EMI, 2008]
 

[Excerto do programa ‘Cara a Cara’, 08.03.1992, BAND]


Roberto Ribeiro, Simone e Hermínio Bello de Carvalho – Turnê PANORAMA BRASILEIRO, 1973.
Foto: Acervo Show&Realidade

 

Simone no Olympia, Paris, show PANORAMA BRASILEIRO, 1973

Foto: Jean Pierre Leloir

 

 

ROTEIRO
[Parcial, baseado no repertório do álbum “A Bruxelles – Brasil Export 73”]

01. De uma noite de festa
(Marcelo Melo/Fernando Filizola)
Roberto Ribeiro e Simone

02. Bamboleo
(André Filho)
Simone

03. Voltei pro morro
(Vicente Paiva Ribeiro/Luiz Peixoto)
Simone

04. Lamento negro
(Secundino /Humberto Porto)
Simone

05. Três sambas de roda
(Arranjos e Adaptações de Simone)
a) Que navio é esse
b) Ladeira do Taboão
c) Vai lavar o siri
Simone

06. Berimbau
(Baden Powell/Vinícius de Moraes)
Roberto Ribeiro e João de Aquino

07. Manhã de Carnaval
(Luiz Bonfá /Antônio Maria)
Roberto Ribeiro

08. Não tenho lágrimas
(Milton de Oliveira/Max Bulhões)
Roberto Ribeiro

 
FICHA TÉCNICA
Direção: Hermínio Bello de Carvalho 
Iluminação: Marcos Flaksman

 
DISCO
Álbum gravado especialmente para o mercado internacional, apresentado durante a feira ‘Brasil Export 73’ e lançado no Brasil somente em 2003, na série ‘Odeon 100 Anos’ (em CD).
 

 
FOTOS 
Relacionadas à temporada do show ‘Panorama Brasileiro’ e ao álbum ‘Brasil Export 73’, gravado especialmente para o mercado internacional.
 
 
 
IMPRENSA 
‘Há Simone, grande cantora com sorriso de madona, felina até as pontas dos dedos e de uma sensualidade delicada, em cada uma de suas performances, que é só afinação com Roberto Ribeiro’.
[Andre Drossart, Le Soir, Bélgica, 09.11.1973]
 
 
LUGARES  

 

AGENDA 1973
Turnê ‘Panorama Brasileiro’

FRANÇA
Olympia
Paris
29.10.1973

ALEMANHA
Hotel Intercontinental
Colonia
[data não identificada]

BÉLGICA
Feira ‘Brasil Export 73’
Palais du Centenaire, Auditorium 44
Bruxelas
07 a 15.11.1973


ACERVO 

Simone no Olympia de Paris, França, outubro de 1973. Detalhes das marcas feitas pela editoria de fotos do jornal ‘Folha de S.Paulo’ e da anotação no verso: ‘Simone no Olympia de Paris. A foto é do fot. francês Jean Pierre Leloin’.