SHOW ESPECIAL P’RA VOCÊ (2012)

  Apresentação | Roteiro | MúsicosSimone falaLocais & Datas | Ingresso & Divulgação | Imprensa |  Vídeos | Fotos   


show ESPECIAL P’RA VOCÊ

Com Simone
Estréia: 07 De Abril De 2012
Local: Centro de Espetáculos do Casino de Tróia, Tróia, Portugal

 

APRESENTAÇÃO | “Fiz este espectáculo para Portugal”
É assim que Simone apresenta o CONCERTO que vai trazer a partir desta semana a palcos nacionais. A diva brasileira celebra quase quarenta anos de carreira cantando temas escolhidos pelos portugueses.

Através da internet, os portugueses escolheram as músicas que Simone vai cantar neste espetáculo intitulado “Especial para você”, sugestões que a cantora brasileira diz ter acatado com “amor, carinho e agradecimento”. Trata-se de dar uma “olhada” por uma carreira que conta com quase quarenta anos.
A tarefa de Simone foi mais difícil no momento de escolher as músicas que iriam integrar o concerto, já que, como a própria refere, “este tem sempre de ser coerente e as músicas têm de estar ligadas”. No entanto, a artista levantou o véu e revelou que “Será”, “Começar de novo”, “Iolanda” e “Face a face” são alguns dos temas que se vão poder ouvir.
[SAPO – MÚSICA, Portugal, 05.04.2012]


IMPRENSA

Depois de, em 2011, ter levado ao rubro os coliseus de Lisboa e do Porto com o espetáculo “Em Boa Companhia”, a cantora brasileira volta para um mini-digressão que inclui a atuação no Coliseu Micaelense, a 10 de abril.
Desta vez, Simone Bittencourt de Oliveira traz “Especial Pra Você”, um espetáculo que faz uma retrospetiva de uma fantástica carreira que a transformou numa das mais respeitadas e populares artistas brasileiras e numa das mais aplaudidas em Portugal.
Em “Especial Pra Você”, a romântica baiana da voz levemente rouca transporta-nos numa viagem por quatro décadas de música em que cabem quase todas as canções que o público gostaria de ouvir: “Apaixonada”, “Cigarra”, “Começar de Novo”, “Raios de Luz”, “Tô Que Tô” e “O Que Será”, são apenas algumas.
Num encontro com jornalistas em Ponta Delgada, Simone afirmou que este espetáculo – intenso, repleto de músicas contagiantes e destinado ao mais vasto público – “foi feito para Portugal!”.
[Coliseu Micaelense, Ponta Delgada, Açores,09.04.2012]
 
Só foram precisos alguns minutos para a plateia da sala Suggia da Casa da Música, no Porto, rejubilasse de alegria e ficasse rendida diante da brasileira Simone, voz única, corpo escultural para a idade (62 anos) vestida de branco como sempre, uma vintena de canções de amor, ternurentas, feitas e pensadas para embalar os sentidos.

Como o show foi escolhido através de votação efectuada na Internet e nas redes sociais – “somos todos responsáveis”, lembrou no início do espectáculo – , a cantora de voz doce foi directa aos corações: iniciou o concerto com “Sangrando” e “Começar de Novo”, gravado em 1979, de autoria da dupla Ivan Lins/Vítor Martins, cuja letra o público sabe de cor e salteado (“começar de novo vai valer a pena/ter amanhecido sem as tuas garras/sem o teu fantasma/sem a tua moldura/sem as tuas esporas/sem o teu domínio/sem o teu fascínio) soltou-se com “Atrevida” e “Lá vem baiana”, depois homenageou Chico Buarque com “O que será” e entoou mais dois temas que o público feminino adorou especialmente: “Jura Secreta”, “Encontros e Despedidas”.

Depois das palmas e agradecimentos, a plateia escutou mais um tema emotivo: “Eu sei que te vou amar” e por magia um silêncio de igreja percorreu a sala Suggia permitindo ouvir o dedilhar das teclas do piano e a voz suave de Simone.

A meio do concerto, mais canções cheias de glamour: a eterna “Iolanda”, com palmas comovidas, “Outra Vez”, “Migalhas” (“quero ser feliz/não quero migalhas do seu amor”) e já perto do fim “Loca”, “Deixa eu te amar” e “Tô Voltando”.

Simone agradeceu os aplausos, mas o público quer mais e mais. A baiana de discos de ouro regressou ao palco e acompanhada pela sua banda de sempre (dirigida pelo músico Julinho Teixeira) despediu-se com duas canções muito bonitas: “Foi Deus” e “Alma”. O público rendeu-se à voz da cantora em apoteose e num gesto de gratidão Simone resolveu oferecer flores, beijos à plateia e ajoelhou-se para conceder um autógrafo a uma criança junto do palco. “Foi bonito, adorei”, disse uma espectadora enquanto descia a escadaria da Casa da Música.

O show durou 90 minutos e como o amor esteve sempre presente o tempo passou a correr. “Mas que seja infinito enquanto dure”, escreveu Vinicius. Com as canções de Simone apetece dizer o mesmo.
[Blog Tempo No Canal, Manuel Vitorino, Porto, Portugal, 15.04.2012]
 
A completar 40 anos de carreira, aquela que é uma das vozes mais celebradas do Brasil actuou este domingo na Casa da Música. Simone cantou e encantou num concerto com casa cheia. O espectáculo “Especial Pra Você” enchou a Sala Suggia.
[Hugo Magalhães, Porto24, 16.04.2012]
 

 
SIMONE FALA SOBRE O SHOW, PALCO E PORTUGAL

“A intenção é fazer um espectáculo romântico. Há algumas canções mais densas, mas todas elas falam de amor.
Eu acho que já tenho uma relação amorosa e espiritual com Portugal. É a minha outra pátria.

Hoje, sinto o que sentia no início e mais alguma coisa. Antes de subir ao palco, ainda fico muito ansiosa e nervosa. Ainda tenho muito medo do palco. Nunca perdi nem o encanto nem o respeito por ele. Parece que é sempre a primeira vez. Antes de entrar em palco, rezo muito, porque um artista nunca sabe o que vai acontecer. Geralmente só acalmo à terceira música. Depois, a excitação diminui, e a emoção toma conta.
[Vidas, Correio da Manhã, Portugal, 31.03.2012]

“Não levando nenhuma música nova, condensar 40 anos num espetáculo em 24 ou 25 músicas é difícil escolher. Mas tenho músiocas que não podem ficar de fora!”

“Portugal é minha segunda pátria. É o meu outro Brasil. Depois este é o ano do Brasil em Portugal e fui convidada para fazer este trabalho. Mas também tenho muita vontade de sair do Brasil.
Todos os concertos foram especiais, desde a primeira vez que estive em Portugal, passando pelos concertos que fiz com outros grandes compositores brasileiros até esse show od ano passado. Mas a primeira vez que estive em Portugal a solo foi inesquecível. O público é muito amável, abraça-nos muito e cria um clima que faz com consiga haver uma troca muito generosa de ambas as partes.

[Bruno Martins, Metro Lisboa, 04.04.2012]

 


VÍDEOS
 

 

 

ROTEIRO


1 – Sangrando
(Gonzaguinha)
2 – Começar de Novo
(Ivan Lins/ Vitor Martins)
3 – Face a Face
(Sueli Costa/ Cacaso)
4 – Atrevida
(Ivan Lins/ Vitor Martins)
5 – Lá vem a baiana
(Dorival Caymmi)
6 – Fullgas
(Marina Lima/ Antônio Cícero)
7 – O que será – à flor da pele
(Chico Buarque)
8 – Jura Secreta
(Sueli Costa/ Abel Silva)
9 – Encontros e Despedidas
(Milton Nascimento/ Fernando Brant)
10 – Cigarra
(Milton Nascimento/ Ronaldo Bastos)
11 – Eu Sei Que Vou Te Amar
(Tom Jobim/ Vinicius de Moraes)
12 – Iolanda
(Pablo Milanes – versão Chico Buarque)
13 – Outra Vez
(Isolda)
14 – Sob Medida
(Chico Buarque)
15 – Migalhas
(Erasmo Carlos)
16 – Loca
(Willie Nelson – adaptação Roberto Livi)
17 – Deixa Eu Te Amar
(Agepê/Ismael Camillo/Mauro Silva)
18 – Ive Brussel
(Jorge BenJor)
19 – Tô Voltando
(Paulo Cesar Pinheiro/ Maurício Tapajós)
BIS
20 – Alma
(Sueli Costa/ Abel Silva)
21 – Foi Deus
(Alberto Janes)

* Em algumas cidades foram incluídas no roteiro as músicas Canta, canta, minha gente (Martinho da Vila) e O Amanhã (João Sérgio).


MÚSICOS

Direção Musical, Teclados e Acordeom: Júlio Teixeira
Violões: Rogério Lopes
Baixo: Fernando Souza
Bateria: Christiano Galvão
Percussão: André Siqueira
Guitarras: Sérgio Knust
 
PRODUÇÃO
B&G PRODUÇÕES


FOTOS


LOCAIS & DATAS

Centro de Espetáculos do Casino de Tróia
TRÓIA, Portugal – 07.04.2012

Coliseu Micaelense
PONTA DELGADA, Açores – 10.04.2012

Coliseu dos Recreios
LISBOA, Portugal – 12.04.2012

Centro de Artes e Espectáculos – CAE
FIGUEIRA DA FOZ, Portugal – 14.04.2012

Casa da Música
PORTO, Portugal – 15.04.2012

 
Foto: Rita Pires

Ensaio - Foto: A. Ramos

Foto: A. Ramos

Foto: A. Ramos

Foto: Imprensa


INGRESSO

DIVULGAÇÃO