SIMONE E IVAN LINS EMOCIONAM PÚBLICO EM CURITIBA COM SHOW CHEIO DE ESSÊNCIA


O surgimento de novos nomes da Música Popular Brasileira (MPB) faz com que, aos poucos, o movimento se renove. Mas o que não podemos, jamais, é esquecer daqueles que eternizaram nossa música. No último sábado (06) uma dupla de peso se apresentou no Teatro Positivo, em Curitiba, trazendo muito da essência que construíram ao longo de seus quase 50 anos de experiência: Simone e Ivan Lins.

LUCAS SARZI | TRIBUNA DO PARANÁ | 07.04.2019

Foto: Caroline Hecke/Divulgação

Amigos desde o início dos anos 70, os dois uniram forças numa turnê que nada mais é do que um encontro entre dois nomes da MPB que perceberam o quanto isso poderia ser importante para o momento atual. “Essa turnê fez com que muito mais gente conhecesse nosso trabalho. A nossa geração está sendo regravada, então muitos jovens até já ouviram músicas nossas, mas não sabiam que essas canções foram lançadas por mim, Ivan ou outros artistas”, disse Simone, em entrevista à Tribuna do Paraná.

A junção de forças, segundo ela, faz com que seu repertório vasto una ao de Ivan Lins e torne a história ainda maior. Até porque, muito do repertório de Simone encontra Ivan até mesmo fora dos palcos. “E a partir do momento que você vai uma vez a um show, desperta curiosidade. Isso tem acontecido com os jovens, que assistem e depois vão buscar o que a gente fez”.

Simone tem mais de 45 anos de carreira e Ivan Lins já beira os 50. Esse show, que tem direção da também cantora de MPB Zélia Duncan, embora una uma dupla que se conhece há tanto tempo, foi desafiador. “Porque temos muita coisa parecida, a musicalidade, por exemplo. Gosto das coisas que o Ivan escreve e das melodias que faz, mas cantar o repertório do outro é bem diferente, a gente precisa se entregar, entrar nesse outro mundo”, explicou a cantora.

Foto: Caroline Hecke/Divulgação

Apesar de ser um desafio diferente, depois de tanto tempo se desafiando sempre, Simone considera que tem sido um ‘incômodo bom’, porque a tira da zona de conforto. “E o artista precisa disso. Tem que ter alguma coisa lhe cutucando para sempre avançar e não regredir”, disse ela, feliz por estar em Curitiba com mais um trabalho, já que não passava pela cidade desde seu último projeto, lançado em 2013. “É importante poder estar aqui e trazer esse encontro à cidade. Curitiba é uma referência para todos os brasileiros”.

Entre as músicas que entraram no repertório esteve ‘Começar de Novo’, que foi tema do seriado Malu Mulher, da Globo, e que tratou sobre temas importantes na época em que passou (1979), como feminismo. “Essa música é importantíssima. E o seriado veio numa época barra pesada, onde a mulher não era tratada como deveria ser e isso acontece até hoje. Falava de um tema muito complicado, fora a patrulha que existia e que continua até hoje, pois parece que estamos vivendo na pré-história”.

Em essência, Simone e Ivan Lins buscam passar aos fãs, sejam os “das antigas” ou os mais novos, que são de uma época em que a música falava com as pessoas acima de tudo. “Jamais pisei no palco sem pensar sobre como é fazer uma pessoa ir até mim. Por isso que digo que são duas pessoas íntegras, juntas, fazendo o que amam fazer. A satisfação é enorme de estarmos juntos. Ninguém tem metade, mas nos completamos ali, no palco. Tudo ali é real. Porque nós somos de uma época em que não tinha emenda”.


Confira a entrevista: